BIANCA OBINO

Compositora. Cantora. Violonista.

BIO

Três discos e um EP lançados, com composições em inglês e em português. O mais recente é intitulado “Volta ao Mundo de Dentro”, de 2020.

 

Já recebeu prêmios como Comenda Lobo da Costa, em 2012, pela contribuição cultural ao estado do Rio Grande do Sul e foi premiada pelo Mulheres de Destaque, em 2013. Também foi indicada ao Prêmio Açorianos de Música (2013) nas categorias de Melhor Instrumentista MPB e de Artista Revelação.

 

Bianca viajou por diferentes locais do Brasil e do exterior enquanto desenvolvia suas composições, tocava para o público e firmava parcerias musicais. Ela já se apresentou em palcos como do circuito off SIM SP (2019), do Teatro Renascença (2015) e do Salão de Atos da UFRGS (2015), e em países como Inglaterra, Austrália e China.

Avatar 10k Vezes.png

ÚLTIMO lançamento

single
Foto Site VMD Remix
Foto: Agência Dojo
1/6

uma nova
volta ao mundo de dentro

Quanta coisa mudou no mundo em 1 ano?

Será que em meio a estas mudanças estamos realmente conectados com nossa essência?

Estes questionamentos fizeram a artista Bianca Obino ressignificar o single "Volta ao Mundo de Dentro" (lançado em 2020) agora em uma versão Remix (2021), em parceria com Duda Raupp, produtor musical e beatmaker.

Hora de embarcarmos novamente nesta jornada interior!

LANÇAMENTO
ANTERIOR

CAPA_10K_VEZES_V1_19_03_21.jpg
Duda.jpg
Bianca.jpg

//FICHA TÉCNICA -  SINGLE:

Composição, arranjos e voz: Bianca Obino

Baixo: Bruno Vargas

Guitarra: Diego Gadenz

Percussão: Fernando Sessé

Produção musical e mixagem: Diego Gadenz

Masterização: Marcos Abreu

Gravado no Estúdio Planeta Musical, em Porto Alegre (RS).

//FICHA TÉCNICA - VIDEOCLIPE:

Concepção: Bianca Obino + Agência Dojo

Direção: Vinícius Lara e Henrique Wallau (Agência Dojo)

Assistente de produção: Reynerio Espinoza

Montagem e finalização: Agência Dojo

Maquiagem: Jusse Pitana

Figurinos: Casa da Traça

Guitarra cedida por Bill's Rock Guitar Tech

Locação: Tecna PUCRS, em Viamão (RS).

slow
art
identity

Um projeto que propõe uma série de lançamentos de singles até 2023, feitos a partir de experimentações que flertam com o pop, a MPB e a World Music. 

 

Inspirado no conceito de “Slow Art”, criado pelo crítico de arte Michael Kimmelman, o termo tem como principal ideia a apreciação sem pressa de uma obra de arte, acompanhando-a desde seu desenvolvimento.

A artista traz essa referência para o seu "Slow Art Identity" e irá passear por diferentes sonoridades a cada nova canção, compartilhando os processos de feitura, e suas impressões sobre esta trajetória.

 

Basta acompanhar e participar em suas redes sociais.

 

  • Facebook
  • Instagram
fique por dentro

Registre seu email pra saber das novidades em primeira mão.

Obrigada por se inscrever!